antioxidants

Um estudo recente mostra potenciais relações existentes entre a ingestão de antioxidantes e a degenerescência macular da idade que ocorre devido ao consumo de tabaco.

Indivíduos mais velhos estão suscetíveis à cegueira irreversível, uma condição muitas vezes causada por degenerescência macular da idade (DMI). Os fatores de risco para a DMI são a diabetes, o consumo de álcool, fatores genéticos, hábitos alimentares e o consumo de tabaco.

O consumo de tabaco foi identificado como o fator ambiental líder para a DMI. As toxinas presentes nos cigarros causam o esgotamento dos antioxidantes que circulam pelo corpo, o que pode ser prevenido através de uma alimentação rica em frutas e vegetais. Um estudo Coreano publicado no Nutrition Journal procurou estabelecer uma relação entre o consumo de antioxidantes, frutas e vegetais e a degenerescência macular da idade, tendo em conta o consumo de tabaco.

Poderá o consumo de frutas e vegetais combater o esgotamento de antioxidantes?

Os investigadores recolheram dados de 1,414 indivíduos coreanos do sexo masculino de 65 anos de idade ou mais. Para tal recorreram ao Korea National Health and Nutrition Examination Survey (Inquérito à Saúde e Nutrição) entre 2010 e 2012. Este inquérito era composto por uma entrevista relativa á saúde, um exame ao estado de saúde e um questionário acerca da nutrição. Os participantes sem informações acerca do consumo de tabaco foram excluídos do estudo. Um oftalmologista diagnosticou DMI em pelo menos um dos olhos dos participantes. E foram recolhidos dados sobre a dieta e o estilo de vida, tais como o consumo de tabaco, o consumo de álcool e o consumo de suplementos alimentares.

O estudo revelou que um aumento do consumo de frutas e vegetais pode ajudar a proteger contra a DMI. Como resultado, pode existir uma relação nefasta entre o aumento do consumo de antioxidantes como o alfa-caroteno, o beta-caroteno e a vitamina C e a prevalência de DMI. No âmbito deste estudo, a relação foi observada em participantes que eram fumadores ativos. Tais associações foram insignificantes em indivíduos que deixaram de fumar ou não-fumadores. Isto significa que para fumadores o risco de DMI diminui com o aumento do consumo de antioxidantes.

Relação evidente apenas no grupo de participantes fumadores

O estudo concluiu que apesar do consumo de antioxidantes poder combater a degenerescência macular da idade, esta relação foi evidente apenas nos participantes fumadores. No entanto, a informação obtida encoraja que seja feita mais investigação para a descoberta de um método preventivo alimentar contra a DMI. Através de mudanças simples nos hábitos alimentares, a saúde em geral da população idosa poderá melhorar e possivelmente resultar em menos casos de cegueira irreversível.

 

Escrito por Shrishti Ahuja, HBSc
Traduzido por Ângela Carvalho, PgC

Referências:

Kim, E., Kim, H., Vijayakumar, A., Kwon, O., & Chang, N. (2017). Associations between fruit and vegetable, and antioxidant nutrient intake and age-related macular degeneration by smoking status in elderly Korean men. Nutrition Journal, 16(1). doi:10.1186/s12937-017-0301-2

Facebook Comments

How much did this article help your understanding of this health condition?

0 1 2 3 4 5